Porque alguns acham que as coisas de Deus são loucuras?

vela-queimando-com-agua-wallpaper-12601

PALAVRA
(1 Coríntios 1:18 ) Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão sendo destruídos, porém para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.

PENSAMENTO
Alguma vez, você falou do evangelho para uma pessoa, e ouviu apenas risos?
Se isso já aconteceu, não se preocupe, isso é normal, pois somente o Espírito Santo pode convencer uma pessoa do seu estado pecaminoso e da necessidade que ela tem de Jesus Cristo.
É impossível que o homem em seu próprio entendimento, compreenda as coisas de Deus, mas, por meio do Espírito Santo,  ele passa a reconhecer que é um pecador e que necessita de Jesus Cristo,  e assim, consegue discernir todas as maravilhas que Deus o preparou e que foram descritas na Bíblia Sagrada.
Veja o que está escrito em (1 Coríntios 2:14) As pessoas que não têm o Espírito não aceitam as verdades que vêm do Espírito de Deus, pois lhes parecem absurdas; e não são capazes de compreendê-las, porquanto elas são discernidas espiritualmente.
Sendo assim, para discernirmos as coisas espirituais que estão descritas na Bíblia, precisamos da direção do Espirito Santo.

Talvez você, leitor ou ouvinte esteja pensando: _Eu não consigo compreender, mas tenho desejo de compreender, o que devo fazer?

Ore, seja sincero, abra seu coração ao Senhor Jesus e Ele fara parte de sua vida, lhe concedendo o Espírito Santo!

(Apocalipse 3.20) “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.”

Você também pode ouvir a narração do Alimento Diário!

  1. 17-02-2017_Porque alguns acham que as coisas de De 2:58

Você também pode se interessar em ler...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>