O que é ser um Cristão?

995421_375101499278500_1292822136_n
PALAVRA
(1 João: 2. 1-2) 1.Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. 2. E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. – Bíblia JFA Offline

PENSAMENTO
No início da minha conversão, eu pensei que um Cristão não errava mais.  Que a partir do momento que eu aceitei a Cristo e fui batizado,  eu não pecaria mais. Mas somente depois de algumas falhas e arrependimento é que entendi o porque foi necessário que Cristo morresse por nós.
Quando nos convertemos, somos perdoados de nossos pecados e recebemos o Espírito Santo de Deus que nos guia por uma vida longe do pecado,  mas nossa carne continua lutando para nos fazer pecar e infelizmente estamos sujeitos a cair.
Mas por meio do sacrifício de Cristo somos perdoados, e se viermos a cair Ele ainda nos perdoa. Mas isso quando caímos procurando caminhar corretamente e se houver um verdadeiro arrependimento após o pecado cometido.
Ser um Cristão é viver para agradar a Deus,  é ter a marca de Deus, o “Espírito Santo”, é reconhecer que somos pecadores e dependemos de Cristo, é perdoar o pecado do próximo e saber que estamos sujeitos ao mesmo pecado. Devemos ajudar e perdoar aqueles que infelizmente vierem a pecar, sabendo sempre que estamos sujeitos a pecar também.

Ser Cristão,  não é ser perfeito, mas sim reconhecer a nossa imperfeição e a perfeição de Cristo.

O Cristão não deve viver mais no pecado, mas infelizmente pode vir a pecar. E se pecar,  deve se lembrar de que temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.

Você também pode se interessar em ler...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>