Devemos viver para agradar a Deus e não aos homens

biblia-1024x732

PALAVRA
(1 Tessalonicenses: 2: 3-4) 3. Porque a nossa exortação não procede de erro, nem de imundícia, nem é feita com dolo; 4. mas, assim como fomos aprovados por Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações.

PENSAMENTO
A bíblia ensina que o cristão deve auxiliar o seu próximo, corrigindo, repreendendo, amando, perdoando, ensinando  a verdade, que  nos foi deixada nas escrituras.
Todos fomos criados com o propósito de agradar a Deus, mas infelizmente, alguns por desejarem agradar a homens, acabam desagradando a Deus, ensinando o que é contrário as escrituras.
Independente da consequência que você possa vir a ter, por conta de uma verdade que Deus lhe direcionou a dizer com base nas escrituras, não deixe de falar, o cristão foi chamado para levar as boas novas de Cristo, e agradar a Deus com sua boca, seu ouvido, seus olhos, sua mente, com sua vida, foi chamado para pregar a verdade.
A verdade de Deus, por mais dolorosa que possa ser, trará edificação aos que ouvem, mesmo que inicialmente seja amargo ao ouvinte, ao final, terá sabor de mel.

Os apóstolos Pedro e João, também nos instruíram a ouvirmos a Deus e não aos homens (Atos:4:19), qualquer ensino que viermos a ouvir e que contrariarem os ensinos de Deus encontrados nas escrituras, devem ser questionados, assim como faziam os Bereianos, que ao ouvirem os ensinos de Paulo e Silas, examinavam as escrituras cada dia, para confirmarem se o ensino era baseado na palavra de Deus (Atos 17: 10-12)

Você também pode ouvir a narração do Alimento Diário!

  1. 31-03-2017_Devemos viver para agradar a Deus e nao aos homens 3:20

Você também pode se interessar em ler...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>